Como Nasce um Vestido de Noiva
 

 

Vinicius Mcevoy, 25 anos, estilista da Nova Noiva, começou a carreira como modelo no Japão, onde morou dos 15 aos 23 anos de idade. Tentou atuar em fotografia e em produção de moda, mas se descobriu mesmo quando começou a desenhar roupas.

Voltou ao Brasil e trabalhou na Armani, até receber o convite da Nova Noiva há um ano. “Foi amor à primeira vista”, diz ele, que sempre quis trabalhar com vestidos de noivas. Entre viagens e eventos, Vinicius reservou um tempo para nos contar como é o seu processo de criação.

Tudo começa com um estudo sobre o corpo da mulher brasileira – afinal, nossas curvas sensuais são a nossa marca. A partir daí, inicia-se o desenvolvimento da modelagem. “O vestido não pode aumentar nem diminuir muito o corpo da noiva, embora todas queiram parecer mais magras. É natural, elas são o centro das atenções e querem se sentir especiais. O vestido tem que estar perfeito nas medidas da noiva. É o que faz o diferencial para ter um bom caimento”, relata.

A próxima etapa é buscar as rendas. A marca pesquisa e cria para que a renda seja um diferencial e única para cada vestido. “Testamos as rendas em diversos modelos e o seu nível de brilho, porque temos que agradar todo tipo de noiva: desde a mais discreta até a que gosta de chamar mais atenção”.

Particularmente, Vinícius gosta de trabalhar com brilho velado, que só aparece quando bate a luz. “Não é brilho prata, é brilho fosco. Agrada porque as noivas ficam deslumbrantes, mas discretas ao mesmo tempo. Trabalhamos muito com renda francesa, chantilly e guipir”, exemplifica.

O lançamento de uma coleção leva um ano inteiro de trabalho. O estilista ouve muito os desejos das clientes, estuda as tendências do mercado e leva as ideias para o ateliê. Depois da reunião com a equipe de criação, surgem os primeiros desenhos e nasce o projeto piloto. “Criamos 150 peças e vamos selecionando até chegar às 33 peças da coleção final”, conta Vinicius. O processo inclui a realização de um mini desfile fechado, para checar os pontos fortes e fracos de cada modelo.

Em breve, a Nova Noiva lançará a coleção 2014. Segundo o estilista, as tendências para o próximo ano são costas de fora, decotes marcantes, fendas, transparências nas costas, mangas três quartos e longas e tule ilusion (que se parece com a pele). As pedrarias e bordados continuam forte, assim como vestidos rodados, sereia e semi-sereia.

Com 30 anos de mercado, a Nova Noiva tem 85 lojas parcerias no país – a Clary Noivas, de Indaiatuba, é a mais recente. Segundo o estilista, o mercado cresce 25% por ano e não conhece crise. “Para realização de um sonho não existe preço”, observa. Mas o sucesso depende fundamentalmente do exímio atendimento às clientes. “É o que faz a diferença”, conclui.